MATÉRIAS

Como Escolher o Seu Cinto

Onde comprar: www.alphavaka.com.br/cintos

Como escolher o seu cinto

Eles não servem apenas para apertar as roupas, mas são peças importantíssimas para completarem o visual feminino. Feitos em inúmeras cores, formatos, materiais e tamanhos, os cintos mudam qualquer vestimenta, dando mais elegância e criatividade a elas. Entretanto, cada tipo de corpo fica melhor com determinado modelo de cinto. Por isso, saiba como escolher o modelo certo.
Os cintos finos ajudam as mulheres que têm tronco curto e pernas longas a equilibrarem a silhueta. Para tanto, eles devem ser presos nos quadris ou acima da cintura. Se preferir, compre cintos com enfeites como fitas ou que sejam feitos em materiais como o metal ou o plástico. Assim, o seu look ficará mais bonito e chamativo.Por outro lado, se você tem o tronco longo e as pernas curtas, o jeito é optar pelos cintos largos que marcam a cintura, porque eles causarão a impressão de que as suas pernas sejam mais compridas.
As mulheres baixinhas, para terem a sua silhueta afinada, devem procurar pelos cintosfinos. Além do mais, eles são mais proporcionais ao seu tamanho. Porém, as altas, pelo mesmo motivo, combinam mais com cintos largos, já que ajudam a diminuir a sua altura.
"Mulheres violão", ou seja, com o corpo cheio de curvas devem escolher um modelo decinto médio porque ele faz com que a sua silhueta fique em evidência e afina o quadril. Portanto, os cintos finos e os grossos não ficam bem em mulheres com esse tipo de corpo.
Bustos grandes pedem cintos finos, pois eles alongam o corpo e não chamam tanto a atenção para essa parte do corpo. Sendo assim, fique longe dos cintos largos. Mas se você está fora do peso, prefira cintos largos usados logo abaixo dos seios, pois essa é a região mais fina do seu corpo. No entanto, use-os com roupas largas como batas ou evasés para que caiam soltinhas.
Mulheres gordinhas devem usar cintos abaixo dos seios. 
Os cintos são acessórios que nunca saem da moda porque eles são muito úteis, tanto para mudarem a "cara" das vestimentas quanto para disfarçarem os pequenos defeitos do corpo feminino. Portanto, tenha sempre uma coleção de cintos no seu guarda-roupa para não sair mal vestida.


Lenços Como Usar

Onde comprar: www.alphavaka.com.br/lencos

Lenços como usar

Os lenços são o hit do inverno e já estão nos pescoços, cabeças e bolsas. Além de aquecer os dias mais frios, o acessório, que tem a cara da estação, garante um visual moderno e elegante, e muitas vezes deixa o look mais colorido. Mas como usar lenço do jeito certo e realçar a aparência?- Lenços de cetim combinam com looks mais formais, por isso você pode abusar deste tipo de tecido no trabalho;- Quando a proposta for se aquecer, aposte em golas mais fechadas e nós mais apertados, sempre respeitando o estilo, formato do rosto e altura do pescoço;- Você tem o pescoço mais curto? Então não envolva todo o pescoço com o lenço. Deixe a frente à mostra, utilizando o que chamamos de gola aberta, e aposte em estampas assimétricas;- Quem tem o pescoço alongado tem mais liberdade e pode abusar de estampas e cores;- Pessoas com pele mais clara são favorecidas com cores mais vivas, para não parecerem pálidas;- As aplicações e estampas étnicas estão em alta também nos lenços. Mas é importante ressaltar que não são tradicionais e, como se trata de modismo, a hora de usar essa tendências é agora;- Outro hit do momento é usar lenço na bolsa. A Chanel lançou em seu último desfile e virou moda no mesmo instante. Neste formato, o lenço pode tanto ser usado no lugar da alça quanto enfeitando-a com uma amarração.


Como Escolher a Sua Bolsa

Onde comprar: www.alphavaka.com.br/bolsas

Como escolher a sua bolsa

Por mais assustadora que essa tarefa lhe pareça, ela é muito simples. Basta seguir as recomendações na hora de fazer a sua escolha:
Cores: Para que sua bolsa seja fácil de combinar com tudo, o ideal é apostar em tons neutros como preto, bege, caramelo, branco, nude e marrom.
Detalhes: Outro aspecto importante é o design da bolsa. Quanto menos detalhes e aplicações ela tiver, melhor. Quanto mais minimalista, com mais looks ela combinará. Evite bolsas cheias de fivelas, strass, recortes e estampas.
Tendências: Se você quer que sua bolsa combine com o maior número possível de looks, invista em bolsas atemporais, ou seja, aquelas que estão sempre "na moda". Fuja dos modelos muito diferentes e opte pelos clássicos.
Tamanho: Para poder usar mais a sua bolsa, escolha uma que caiba os itens que você carrega na maioria dos dias. Se você sempre carrega pouca coisa, uma bolsa pequena ou média servirá. Mas se você carrega muitos pertences, prefira uma bolsa grande, como a shopper bag e se possível que tenha alças largas e resistentes.



Moda Country Feminina

Onde comprar: www.alphavaka.com.br/country

Como usar moda country feminina

Uma produção que pode-se investir sem errar: Camisa, calça skinny e bota. A camisa xadrez pode ser usada aberta por cima de uma regata e equilibrar já que a calça já e colada, pois tudo justinho e apertado não fica legal.

Para quem quer fujir do óbvios das camisas xadrez, uma opção é usar camisas jeans que também complementam bem o tema country.

Outra produção bem legar é a calça flare com botas e camisa (pode ser de seda). A flare é ideal para as mulheres que também possuem o quadril mais largo pois equilibram as proporções, mas lembre-se para usar cores escuras e sem lavagem desbotada. Já para as magrinhas abuse do jeans desbotado e com detalhes.

Os acessórios fazem uma grande diferença e transformam totalmente um look. Por exemplo, um cinto mais largo com fivela podem ser combinados com vestidos mais fluidos, e usados com botas. Uma blusa mais pesada ou jaqueta de couro também tem a função de criar um contraste e da um "toque" country na produção.

Franjas? Impossível não lembrar delas e dão um toque todo especial a bolsas, jaquetas e saias. A dica é só usar mais de uma peças ou acessório com franja por motivos óbvios.


Acessórios: Guia completo para você se inspirar e ousar

Onde comprar: www.alphavaka.com.br

Brincos

Tradicionalmente considerados os acessórios mais femininos de todos, os brincos são ótimos para finalizar produções ou até mesmo para protagonizá-las. Mesmo as pessoas que não têm furos nas orelhas podem usufruir da beleza dessas peças, já que também há lindas opções com fechos de pressão, que são apenas encaixadas nos lóbulos.

As variações de tamanhos, formatos, cores e materiais ajudam a definir como as peças poderão ser combinadas com maior harmonia. Para as mais ousadas, também é possível apostar em pares descombinados ou até em um único brinco, que "fica interessante quando é grande e longo", especifica Janaína.

Para quem deseja apostar no estilo desparelhado, a dica da profissional é "optar por formatos que sejam complementares entre si". A única restrição para a qual a consultora chama atenção é que esse tipo de brinco seja evitado em ambientes de trabalhos muito formais, mas "em produções para festas, o acessório de material sofisticado está liberado", orienta.Tradicionalmente considerados os acessórios mais femininos de todos, os brincos são ótimos para finalizar produções ou até mesmo para protagonizá-las. Mesmo as pessoas que não têm furos nas orelhas podem usufruir da beleza dessas peças, já que também há lindas opções com fechos de pressão, que são apenas encaixadas nos lóbulos.

As variações de tamanhos, formatos, cores e materiais ajudam a definir como as peças poderão ser combinadas com maior harmonia. Para as mais ousadas, também é possível apostar em pares descombinados ou até em um único brinco, que "fica interessante quando é grande e longo".

Para quem deseja apostar no estilo desparelhado, a dica da profissional é "optar por formatos que sejam complementares entre si". A única restrição para a qual a consultora chama atenção é que esse tipo de brinco seja evitado em ambientes de trabalhos muito formais, mas "em produções para festas, o acessório de material sofisticado está liberado", orienta.

Anéis

Pessoas apaixonadas por anéis costumam ser também adeptas de combinações entre várias modelos da peça. Para não errar nesse mix, Janaína aconselha que sejam "usados apenas acessórios do mesmo estilo ou tipo de material, sendo apenas um deles de maior destaque".

Pequenos ou minis

Mais delicados e geralmente com menos detalhes, os anéis pequenos ou mesmo no estilo aliança são mais fáceis de serem combinados tanto entre si quanto com outras peças. No entanto, segundo a consultora, o mix de anéis pode ser uma aposta mais ousada e, por isso, mais adequada às mulheres mais fashionistas.

Janaína também enfatiza que o uso de apenas um item do acessório não torna uma produção menos glamourosa: "apenas um anel em cada mão também é chique", defende.Pessoas apaixonadas por anéis costumam ser também adeptas de combinações entre várias modelos da peça. Para não errar nesse mix, Janaína aconselha que sejam "usados apenas acessórios do mesmo estilo ou tipo de material, sendo apenas um deles de maior destaque".

Grandes ou maxi

Usar somente um anel grande pode ajudar a completar o look com exuberância e chamar atenção para a mão. Para quem gosta de misturar vários, é melhor escolher apenas uma peça de grande destaque, "evite também combinar vários anéis volumosos", alerta a especialista.

Com pedras

As opções de anéis em pedras podem aparecer em diversos tamanhos e formatos. Normalmente, esse estilo de acessório é mais fino e elegante, mas esse efeito depende da qualidade do material. Ocasiões mais formais e chiques, por exemplo, exigem pedras naturais ou preciosas. Você pode até mesmo apostar em um anel com a pedra do seu signo. Já aqueles que imitam pedras, como resinas, são mais adequados para ambientes descontraídos.

Colares

Para dar destaque a um decote que exibe pouco do colo, arrematar um look ou dar um pouco de cor a uma produção mais sóbria, os colares podem ser ótimos aliados! Contudo, seus inúmeros modelos diferentes precisam estar em harmonia tanto com os outros acessórios utilizados em um look quanto com a gola da camiseta ou blusa escolhida para a composição.

Gargantilhas ou aros

"Colares mais rentes ao pescoço ou que cobrem a parte descoberta do colo podem ser uma boa composição com blusas de gola quadrada", afirma Janaína. Gargantilhas e aros, por serem mais encorpados e curtos, são ideais para produções em que a região dos ombros e pescoço é o destaque.

Esse estilo de colar, na variação Peter Pan, é ótimo para arrematar looks com camisas lisas completamente fechadas, porque a gargantilha simula uma espécie de gola removível, conferindo mais charme à produção.Para dar destaque a um decote que exibe pouco do colo, arrematar um look ou dar um pouco de cor a uma produção mais sóbria, os colares podem ser ótimos aliados! Contudo, seus inúmeros modelos diferentes precisam estar em harmonia tanto com os outros acessórios utilizados em um look quanto com a gola da camiseta ou blusa escolhida para a composição.

Maxi

Feitos em estruturas únicas com com várias correntes, pingentes e pedras, osmaxicolares costumam ser mais brilhosos e podem aparecer em versões super coloridas também. Por ser chamativo, esse estilo do acessório não é muito recomendado para situações muito formais, mas é ótimo para deixar um visual sóbrio mais poderoso.

Pulseiras

Um acessório que está disponível em modelos diversos e pode agradar a todos os gostos é a pulseira, que pode ser usada em conjuntos que misturam alguns estilos diferentes ou até cores e materiais, desde que estejam em sintonia. Para Janaína, o maior cuidado necessário na hora de usar esse tipo de peça é de "não usá-las por cima da manga comprida e preferir deixá-las alinhadas ao pulso".

Pequenas e delicadas

Adequadas para todo tipo de ocasião, as pulseiras pequenas, de corrente fina ou outros materiais mais delicados ficam lindas tanto quando usadas solitárias quanto em mixes mais divertidos.

Esse também é o estilo do acessório que melhor combina com roupas de frio e que pode ser mais confortável quando é necessário mexer muito as mãos.Um acessório que está disponível em modelos diversos e pode agradar a todos os gostos é a pulseira, que pode ser usada em conjuntos que misturam alguns estilos diferentes ou até cores e materiais, desde que estejam em sintonia. Para Janaína, o maior cuidado necessário na hora de usar esse tipo de peça é de "não usá-las por cima da manga comprida e preferir deixá-las alinhadas ao pulso".

Lenços

Em tecidos leves, os lenços e suas variações são adaptáveis tanto para estações mais frias quanto para os dias quentes. O grande diferencial desse tipo de acessório é a sua versatilidade, que permite seu uso "no pescoço, na cabeça, na alça das bolsas, como cinto e até saída de praia", conta a consultora.

O tecido escolhido, suas cores e estampas são os aspectos que orientam como o lenço se adequará à produção. Enquanto versões em cores vibrantes e estampadas são ótimas para completar looks de verão; os tons neutros e mais sóbrios, lisos ou com padronagens mais clássicas, são ideais para ambientes mais formais ou profissionais.

Lenços e echarpes

As echarpes são peças mais compridas e, por isso, podem ser utilizadas para um infalível truque de styling: "usá-las com as duas pontas soltas ao redor do pescoço, ajuda a criar um visual mais alongado", revela Janaína.

Ao contrário dos lenços, que podem ser usados tanto no pescoço quanto na cintura ou na alça da bolsa, as echarpes são mais mais finas e, portanto, mais apropriadas para cobrir o colo ou envolver o pescoço. Geralmente, esse tipo de peça é feito de tecidos leves, como algodão, seda, cetim e crepe.

Ambos os modelos podem ser utilizados tanto em ambientes formais quanto em ocasiões mais descontraídas. Tudo depende da cor, do tecido e das estampas das peças. Porém, qualquer que seja o caso, o melhor é evitar brincos grandes com pingentes. Também é possível compor looks bastantes harmoniosos com itens como jaquetas e blazers.

Pashminas

Um meio-termo bastante sofisticado da echarpe e dos cachecóis mais tradicionais é a pashmina. Essa valorização da peça se deve principalmente ao seu material, que "pode ser 100% caxemira ou combinações de caxemira com outros tecidos"